GRUPO ESPÍRITA AGOSTINHO E TEREZA DE JESUS

O Espiritismo é, ao mesmo tempo, uma ciência de observação e uma doutrina filosófica. Como ciência prática, ele consiste nas relações que se estabelecem entre nós e os espíritos; Como filosofia, compreende todas as consequências morais que faz brotar dessas mesmas relações. Podemos defini-lo assim: Espiritismo é uma ciência que trata da natureza, origem e destino dos espíritos, bom como de suas relações com o mundo corporal.

E ainda, o Espiritismo é uma ciência nova que vem revelar aos homens, por meios de provas irrecusáveis, a existência e a natureza do mundo espiritual e as suas relações com o mundo corpóreo. Ele nos mostra, não mais como coisa sobrenatural, porém ao contrário, como uma das forças vivas sem cessar atuantes da natureza, como fonte de uma imensidade de fenômenos até hoje incompreendidos e , por isso, relegados para o domínio do fantástico e do maravilhoso. É a essas relações que o Cristo refere-se em muitas circunstâncias e daí vem que muito do que Ele disse permaneceu obscuro ou falsamente interpretado.

O Espiritismo é a chave com o auxílio da qual tudo se explica de modo fácil.

Allan Kardec


sexta-feira, 30 de março de 2018

Quem somos ??






O Grupo Espírita tem por finalidade o estudo e a prática da Doutrina Espírita, segundo os ensinos codificados por Allan Kardec.
Contamos com 2 reuniões públicas por semana (2ª e 6ª) com palestra e passes, 
O G.E.A.T.J foi fundado em 27 de julho de 1926 e está situado na Rua Francisco, 31 - Praça Seca - Rio de Janeiro
 Cep: 21320-190
 http://maps.google.com/
  Tel. (21) 33903570 - 9.72243053 - 9.86461530 
 geagostinhoeterezadejesus@gmail.com

Seja bem-vindo ao Grupo Espírita Agostinho Tereza de Jesus !

Programação de Atividades


2ª Feira
Reunião Pública com Palestra e Passes -  (Das 19:45 às 21:15 H.)

3ª Feira
Atendimento Fraterno (aconselhamento e orientação particular) - (Das 19:45 às 21:15 H.)


6ª Feira
Reunião Pública com Palestra e Passes - (Das 19:45 às 21:15 H.)

OBS - ATIVIDADES TEMPORARIAMENTE SUSPENSAS



Reuniões Públicas (Palestra e Passes)

/ Segundas Feiras - 19:45 às 21:15 H. (Palestra e Passes)

TEMPORARIAMENTE
SUSPENSAS


/ Sextas Feiras - 19:45 às 21:15 H. (Palestra e Passes)

TEMPORARIAMENTE
SUSPENSAS




* Poderá haver modificações no roteiro acima *

PRÓXIMOS EVENTOS





REUNIÕES PÚBLICAS TEMPORARIAMENTE SUSPENSAS









geagostinhoeterezadejesus@gmail.com
Receba informações do GEATJ por email    CADASTRE-SE !!!








AMOR AO VOLUNTARIADO



DOE-SE AO VOLUNTARIADO
Faça parte do quadro de trabalhadores do GEATJ. Ajudando nas atividades, e aumentando essa corrente de Amor e Caridade.


CAMPANHAS E DOAÇÕES


Peças de vestuário (adultos / infantis); Utilidades em geral; Materiais para manutenção das instalações; Livros espíritas;   Alimentos     não perecíveis; Óleo usado em frituras; Material de limpeza; etc.



CAMPANHA DE ASSOCIADOS


Se desejar , faça parte do quadro de associados do geatj, colaborando com a manutenção e conservação das instalações e desenvolvimento de várias atividades. Informe-se na secretária do Grupo.

                      






EM DIA COM O ESPIRITISMO







CANTIGA DA ESPERANÇA

Alma querida,
Por mais que o mundo te atormente
A fé simples e boa,
Por mais te lance gelo na alma crente,
Na sombra que atraiçoa,
Alma sincera,
Escuta!...
Sofre, tolera, aprende, aperfeiçoa,
Porque de esfera a esfera,
Ninguém consegue a palma da vitória,
Sem apoio na luta.

Espera, que a esperança é a luz do mundo –
Oculta maravilha –
Que, em toda a parte, se revela e brilha
Para a glória do amor.
A noite espera o dia, a flor o fruto,
O espinho a rosa, o mármore o buril,
O próprio solo bruto
Espera o lavrador
Armado de atenção, arado e zelo...

O verme espera o sol para aquecê-lo.

A fonte amiga que se desentranha
Do coração de pedra da montanha,
Enquanto serve, passa e se incorpora
Aos encargos do rio que a devora,
E espera descansar,
Quando chegue escondida
A paz da grande vida
Que há no seio do mar.

Seja o que for
Que venhas a sofrer,
Abraça o lema regenerador
Do perdão por dever.

Leva pacientemente o fardo que te leva,
Entre o rugir do vento e o praguejar da treva...
Abençoa em caminho
Os açoites da angustias em torvo redemoinho;
Onde não passas, coração
E segue sem parar,
Amando, restaurando, redimindo...

Edificando, em suma,
Não te revoltes contra coisa alguma!...

Ao vir a tarde mansa,
Na doce quietação crepuscular,
Quando a graça do corpo tomba e finda,
Verás como foi alta, nobre e linda
A ventura de esperar.

E, enquanto a noite avança
Para dar-te as visões de uma alvorada nova,
Nas asas da esperança,
Bendirás a amargura, a dor e a prova,
Agradecendo a Terra a bênção de entendê-las.
Subiras, subiras
Para o ninho da luz nas estâncias da paz,
Que te aguarda, tecido em radiações de estrelas!...

Então, compreenderas
Que, além do mais Além –
No Coração da Altura –
Deus trabalha, Deus sonha, Deus procura,
Deus espera também!...

LIVRO ANTOLOGIA DA ESPIRITUALIDADE



REFLEXÃO





AZEDUME E IRRITAÇÃO

Alguém terá dito que trazes alguma doença oculta, impedindo-te sorrir, mas
não acredites que essa ou aquela indisposição orgânica te possa furtar a serenidade.
Possivelmente alguma ocorrência desagradável te agitou as forças mais
íntimas e estás a ponto de cair na vasta cadeia de reações negativas.
Certa pessoa contrariou-te, talvez, os projetos e desígnios.
Algum prejuízo alcançou-te, de inesperado.
Recorda: momentos de crises te examinam a capacidade de resistência.
Determinados contratempos são bênçãos antecipadas, cuja significação
virás a compreender.
Existem perdas que te induzem à mudança de orientação para grandes
lucros.
Algumas vezes, certas relações desaparecem para que outras se te
destaquem no caminho, valorizando-te a existência.
Haja o que houver, não tranques a face e deixa que o teu sorriso te ajude,
ajudando aos outros.
Azedume e irritação, na essência, são duas sombras que te afastam do que
há de melhor.
LIVRO CALMA















LIÇÕES DO SENHOR NO CÍRCULO MAIS ÍNTIMO












O ministro sábio
Mateus discorria, solene, sobre a missão dos que dirigem a massa popular,
especificando deveres dos administradores e dificuldades dos servos.
A conversação avançava, pela noite a dentro, quando Jesus, notando que os
aprendizes lhe esperavam a palavra amiga, narrou, sorridente:
— Um reino existia, em cuja intimidade apareceu um grande partido de
adversários do soberano que o governava. Pouco a pouco, o espírito de rebeldia
cresceu em certas famílias revoltadas e, a breves semanas, toda uma província em
desespero se ergueu contra o monarca, entravando-lhe as ações.
Naturalmente preocupado, o rei convidou um hábil juiz para os encargos de
primeiro ministro do país, desejoso de apagar a discórdia; mas o juiz começou a
criar quantidade enorme de leis e documentos escritos, que não chegaram a operar
a mínima alteração.
Desiludido, o imperante substituiu-o por um doutrinador famoso, O tribuno,
porém, conduzido à elevada posição, desfez-se em discursos veementes e
preciosos que não modificaram a perturbação reinante.
Continuavam os inimigos internos solapando o prestigio nacional, quando o
soberano pediu o socorro de um sacerdote que, situado em tão nobre posto,
amaldiçoou, de imediato, os elementos contrários ao rei, piorando o problema.
Desencantado, o monarca trouxe um médico à direção dos negócios gerais,
mas tão logo se viu em palácio, partilhando as honras públicas, o novo ministro
afirmou, para conquistar o favor régio, que o partido de adversários da Coroa se
constituía de doentes mentais, e fêz disso propaganda tão ruinosa que a indisciplina
se tornou mais audaciosa e a revolta mais desesperada.
Pressentindo o trono em perigo, o soberano substituiu o médico por um general
célebre, que tomou providência drástica, arregimentando forças armadas nas
regiões fiéis e mobilizando-as contra os irmãos insubmissos. Estabeleceu-se a
guerra civil. E quando a morte começou a ceifar vidas inúmeras, inclusive a do
temido lidador militar que se convertera em primeiro ministro do reino, o imperante,
de alma confrangida, convidou um sábio a ocupar-se do posto então vazio. Esse
chegou à administração, meditou algum tempo e deu início a novas atividades. Não
criou novas leis, não pronunciou discursos, não censurou os insurretos, não perdeu
tempo em zombaria e nem estimulou qualquer cultura de vingança.
Dirigiu-se em pessoa à região conflagrada, a fim de observar-lhe as
necessidades.
Reparou, aí, a existência de inúmeras criaturas sem teto, sem trabalho e sem
instrução, e erigiu casas, criou oficinas, abriu estradas e improvisou escolas,
incentivando o serviço e a educação, lutando, com valioso espírito de entendimento
e fraternidade, contra a preguiça e a ignorância.
Não transcorreu muito tempo e todas as discórdias do reino desapareceram,
porque a ação concreta do bem eliminara toda a desconfiança, toda a dureza e
indecisão dos espíritos enfermiços e inconformados.
Mateus contemplava o Senhor, embevecidamente, deliciando-se com as ideias
de bondade salvadora que enunciara, e Jesus, respondendo-lhe à atenção com
luminoso sorriso, acrescentou para finalizar:
— O ódio pode atear muito incêndio de discórdia, no mundo, mas nenhuma
teoria de salvação será realmente valiosa sem o justo benefício aos espíritos que a
maldade ou a rebelião desequilibraram. Para que o bem possa reinar entre os
homens, há de ser uma realidade positiva no campo do mal, tanto quanto a luz há
de surgir, pura e viva, a fim de expulsar as trevas.
LIVRO JESUS NO LAR






ATENDIMENTO FRATERNO
















        ATENDIMENTO FRATERNO








TODA TERÇA-FEIRA ÀS 19:45 HS.

(necessário agendar)




O Atendimento Fraterno tem como objetivo primacial receber bem e orientar com segurança todos aqueles que o buscam. Apoiando-se nos postulados espíritas, o Atendimento Fraterno abre perspectivas novas e projeta luz. O conhecimento do ser imortal, da sua preexistência ao berço e sobrevivência ao túmulo, torna-se indispensável para qualquer cometimento terapêutico em relação aos problemas humanos. Por isso mesmo, a terapia do amor é de vital importância, envolvendo em confiança e ternura, ao mesmo tempo esclarecendo quanto a realidade e constituição espiritual.


JOANNA DE ÂNGELIS


MEDIUNIDADE NOSSA DE CADA DIA





286 - Não se segue daí que dos Espíritos não se possam obter
úteis esclarecimentos e, sobretudo, bons conselhos; eles,
porém, respondem mais ou menos bem, conforme os conhecimentos
que possuem, o interesse que nos têm, a afeição
que nos dedicam e, finalmente, o fim a que nos propomos
e a utilidade que vejam no que lhes pedimos. Se,
entretanto, os inquirimos unicamente porque os julgamos
mais capazes do que outros de nos esclarecerem melhor
sobre as coisas deste mundo, claro é que não nos poderão
dispensar grande simpatia. Nesse caso, curtas serão suas
aparições e, muitas vezes, conforme o grau da imperfeição
de que ainda se ressintam, manifestarão mau humor, por
terem sido inutilmente incomodados.





O LIVRO DOS MÉDIUNS 








INFÂNCIA E JUVENTUDE






O Anjo das Crianças

(Sociedade, Médium Senhora de Boyer.)

Chamo-me Micaèl; sou um desses Espíritos prepostos para a guarda das crianças. Que doce missão! E que felicidade dá ela à alma! A guarda das crianças, direis? Mas não têm seus anjos prepostos para essa guarda? E por que é necessário ainda um Espírito encarregado de se ocupar delas? Mas não pensais naqueles que não têm mais essa boa mãe? Não os há, ah! muitíssimos destes? E a mãe, ela mesma, algumas vezes não tem necessidade de ajuda? Quem a desperta no meio do seu primeiro sono? Quem fala pressentir o perigo, inventar o alívio, quando o mal é grave? Nós, sempre nós; nós, que desviamos a criança da margem na qual se precipita estouvadamente, que afastamos dela os animais nocivos, que desviamos o fogo que se poderia misturar aos seus louros cabelos. Nossa missão é doce! Somos nós ainda que lhe inspiramos a compaixão pelo pobre, a doçura, a bondade; nenhum dos mais maus mesmo poderia nos evitar; há sempre um instante em que seu pequeno coração nos está aberto. Mais de um, entre vós, se espantará dessa missão; mas não dizeis freqüentemente: há um Deus para as crianças? Sobretudo para as crianças pobres? Não, não há um Deus, mas anjos, amigos. E como poderíeis explicar, de outro modo, os salvamentos miraculosos? Há ainda muitas outras forças das quais não supondes mesmo a existência; há o Espírito das flores, o dos perfumes, os há aos milhares, cujas missões, mais ou menos elevadas, vos pareceriam deliciosas, invejáveis segundo a vossa dura vida de provas; eu os convidarei a vir ao vosso meio. Eu estou neste momento recompensado de uma vida toda devotada às crianças. Casada jovem com um homem que as tinha muitas, não tive a felicidade de tê-las por mim mesmo; toda devotada a eles, Deus, o bom e soberano senhor, concedeu-me ser ainda o guardião das crianças. Doce e santa missão! Eu o repito, e cuja onipotência mães aqui presentes não poderiam negar. Adeus, vou em apoio aos meus pequenos protegidos; a hora do sono é a minha hora, e é necessário que eu visite todas essas bonitas pálpebras fechadas. O bom anjo que vela sobre elas, sabei-o, não é uma alegoria, mas bem uma verdade.

REVISTA ESPÍRITA DE 1860 - ALLAN KARDEC

ESTUDO DO EVANGELHO NO LAR






ROTEIRO:
1 – Escolha um dia da semana e um horário.
2 – Inicie com uma leitura para harmonização do ambiente. Sugestão de livros: Pão nosso, fonte viva, caminho verdade e vida ou vinha de luz.
3 – Faça uma prece de início
4 – Faça leitura (de forma seqüencial) de O Evangelho Segundo o Espiritismo e comente.
5 – Faça uma prece de encerramento.
Observações: Pode levar 30 min. ou mais; Pode ser feito com toda família, em parte, ou sozinho (a); Pode-se colocar água para beber ao final; Precisa ser feito toda semana no mesmo dia e hora.

_________________________
_________________________

110 –Qual a melhor escola de preparação das almas reencarnadas, na Terra?

-A melhor escola ainda é o lar, onde a criatura deve receber as bases do

sentimento e do caráter.
Os estabelecimentos de ensino, propriamente do mundo, podem instruir, mas só o instituto da família pode educar. É por essa razão que a universidade
poderá fazer o cidadão, mas somente o lar pode edificar o homem.
Na sua grandiosa tarefa de cristianização, essa é a profunda finalidade do
Espiritismo evangélico, no sentido de iluminar a consciência da criatura, a fim
de que o lar se refaça e novo ciclo de progresso espiritual se traduza, entre os
homens, em lares cristãos, para a nova era da Humanidade.
LIVRO O CONSOLADOR